7 melhores livros
Os 7 melhores livros para quem quer aprender sobre leis
Educação e Leitura

Os 7 melhores livros para quem quer aprender sobre leis

121views

Ninguém tem dúvida de que alunos de determinadas áreas têm habilidades e preferências bem definidas. No caso da área de Direito, por exemplo, os alunos se interessam por leis, certamente, e também gostam de ler.

Aliás, quem opta por estudar Direito, independentemente, da área que escolher, tem que gostar, ter facilidade e disposição para a leitura, afinal, quem escolhe essa área precisa estar por dentro não apenas de leis, mas de comportamentos e experiências.

E quanto mais apostar em ler, mais vai adquirir conhecimentos e por isso, a leitura deve fazer parte do dia a dia de qualquer estudante de Direito, que precisa estar sempre se atualizando.

Por isso, a dica é procurar ficar sempre de olho em cupons de descontos e promoções, como as oferecidas pela Amazon, facilitando muito na hora de montar sua biblioteca.

E, claro, quanto mais relacionados os títulos forem com leis e histórias que evolvam justiça, mais preparado estará no final de sua graduação, sendo importante, principalmente, procurar se inteirar de títulos que possam contribuir para o seu crescimento profissional.

Veja também:

Pensando nisso, resolvemos separar alguns títulos que podem ser de grande ajuda, voltados mais para o ambiente acadêmico, juntamente, com algumas dicas de romances que, com certeza, vale muito a pena conhecer.

Livros para estudar

Manual de Introdução ao Estudo do Direito

Para quem está começando a faculdade, ou pretende cursar Direito, a dica é não deixar de ler o livro “Manual de Introdução ao Estudo do Direito” que, sem dúvida, pode ser uma ótima ajuda para começar a conhecer os conceitos básicos formadores do direito, assim como, as relações entre o direito e outros fatores que o cercam, como a moral.

Autor: Dimitri Dimoulis

Teoria Geral do Processo

Esse é um livro que deveria ser obrigatório para quem pretende seguir a carreira de Direito, no qual vários conceitos de justiça são exemplificados e como funciona todo esse processo, funções dos advogados públicos, privados STF e STJ, ministérios, e muito mais.

Autor: Cintra Grinover e Dinamarco

A Era dos Direitos

Através de onze diferentes ensaios, esse livro aborda questões fundamentais para quem resolve fazer Direito, desde como se dá a percepção do direito nos seres humanos, até como ela surgiu. Sem dúvida, um livro que também deveria ser obrigatório, bem rico e informativo.

Autor: Norberto Bobbio

Livros para se entreter e aprender

Crimes

Quem gosta de conhecer histórias verídicas e casos inacreditáveis vividos em tribunais, não pode deixar de ler esse livro, escrito por um jurista alemão que, por quase 25 anos, trabalhou como advogado criminalista. Ele mostra em seu livro, principalmente, a banalidade do mal e como a realidade, por vezes, pode ser mais estranha que a ficção.

Autor: Ferdinand Von Schirach

O Primeiro Ano – Como se faz um advogado

Esse é um livro voltado, especialmente, para quem é estudante e em breve irá iniciar um estágio ou começar a estudar na faculdade, e ainda não faz ideia do que vai enfrentar. Entre outras coisas, o autor conta de uma forma bem própria, como foi sua experiência no primeiro ano da faculdade de direito, em Harvard.

Autor: Scott Turow

O Sol é para todos

Leitura obrigatória, esse é um dos maiores clássicos da literatura norte-americana moderna, não é para menos que o romance é vencedor do Prêmio Pulitzer de literatura. Sucesso instantâneo, o livro acabou por dar origem a um filme homônimo, vencedor do Oscar de melhor roteiro, em 1962.  A história gira em torno de um advogado que precisa defender um negro acusado de estuprar uma mulher branca. O livro aborda sobre racismo, levando em conta a sociedade da época, e serve para muitos questionamentos em relação ao que ainda vemos hoje em dia.

Autor: Harper Lee

O Processo

Quem se interessa pela área criminal não pode deixar de ler esse livro, que conta a história de uma pessoa que é processada, mas não sabe a razão pelo qual isso acontece. O livro aproveita esse fato para falar, de forma subjetiva, sobre as injustiças nesse caso, assim como, mostrar como o sistema pode ser falho em alguns aspectos.

Autor: Franz Kafka