O QUE É ATIVISMO DE MARCA
Marketing Digital

O QUE É ATIVISMO DE MARCA

59views

No marketing, as empresas – sejam elas pequenas ou grandes – precisam se comunicar de forma eficaz. Uma boa comunicação corporativa permite distinguir entre empresas que conseguem alcançar o sucesso e aquelas que, por outro lado, não fazem nada além de se debater em busca de ideias e ideias de negócios.

Um exemplo da importância da comunicação no marketing corporativo é dado pelo conceito de “ativismo de marca”. Mas a que se refere a terminologia citada? Vamos explorá-lo em detalhes.

ATIVISMO DE MARCA: UMA DEFINIÇÃO

Falamos de “Ativismo de Marca” quando nos referimos ao compromisso de uma empresa em participar de causas de particular importância social, econômica ou política.

Tudo isto através de campanhas de comunicação ad hoc, criadas especificamente para responder às necessidades da causa social.

O termo ativismo de marca pode ser traduzido substancialmente por “ativismo de marca” , referindo-se a esse vasto leque de atividades em que uma empresa, representada pela própria marca, participa ativamente.

Mas qual é o objetivo final de participar de iniciativas sociais ?

Uma empresa que opte por aderir a projetos semelhantes o fará para “buscar um bem comum” , mostrando-se como uma empresa que se preocupa com o bem-estar de seus clientes e da comunidade.

É certo que assumir uma posição em circunstâncias semelhantes permitirá à empresa destacar-se também a nível comercial, uma espécie de “movimento publicitário”

que garantirá um possível retorno económico (ou retorno em termos de visibilidade); mas a verdade é que, em todo o caso, aderir a iniciativas de particular profundidade sociocultural representa igualmente um gesto nobre, uma forma de realçar questões que merecem maior atenção.

EFEITOS E CONSEQUÊNCIAS DO ATIVISMO DE MARCA

Uma grande marca que opte por aderir a uma causa específica poderá promovê-la e garantir-lhe maior visibilidade, o que só beneficiará quem a concretizar.

Existem outras dinâmicas relacionadas a propósitos sociais e comerciais por trás do ativismo de marca? Claro que sim.

A vontade das empresas que participam nas iniciativas de Brand Activism é desempenhar um papel fundamental do ponto de vista dos processos subjacentes às mudanças sociais ; mudanças que, de fato, representam o fulcro do progresso, vindo a influenciar significativamente o que será a sociedade de amanhã.

Alguns especialistas do setor descrevem o ativismo de marca como o interesse das empresas nos problemas de seus clientes. 

Mostrar proximidade com questões globais é uma forma útil de forjar o relacionamento com os clientes, fidelizando e mostrando-se proativo na identificação de uma solução “juntos” .

O PAPEL COMERCIAL DO ATIVISMO DE MARCA

Do ponto de vista prático, o Brand Activism produz consequências não indiferentes na esfera comercial.

De fato, de acordo com especialistas do setor, todo o processo de compra de mercadorias muda: o cliente de uma empresa que atua no setor social , de fato, não comprará mais apenas um produto ou serviço, mas aderirá aos valores que empresa se promove.

O procedimento de compra de um ativo torna-se uma experiência real: o cliente compra um produto porque acredita nos valores em que a empresa acredita.

Leia também: A importância da missão e dos valores da marca

Entrando em detalhes, o compromisso social de uma marca pode se manifestar em diferentes áreas. Um exemplo é dado pelas marcas de roupas que promovem a igualdade, combatem a discriminação e promovem um sistema social mais inclusivo.

Mas o ativismo de marca pode ser aplicado em todos os lugares, do consumismo à luta contra as mudanças climáticas, passando pela proteção do meio ambiente, apoio a comunidades indefesas, respeito aos direitos civis, direitos dos animais e assim por diante.